domingo, 6 de março de 2011

Grandes Sagas DC: Zero Hora - Parte II

Aqui está a parte 2 e final do artigo Grandes Sagas DC: Zero Hora: Crise no Tempo. Se quiser conferir a parte 1 para entender como está a história da saga até aqui, clique AQUI.

Recapitulando as anomalias e distúrbios temporais causadas pela saga:

-->Superboy, antes de ser convocado para reunião em Nova York, encontrou outro Superboy, uma versão jovem de Clark Kent, vinda de uma linha do tempo alternativa.
-->Superman, o Homem de Aço, topou com várias versões do Batman: da Era de Ouro, de Cavaleiro das Trevas e o Batman de Neal Adams. Todos vieram lhe avisar sobre anomalias temporais em Gotham. Após resolver este problema, Superman partiu ao encontro do verdadeiro Batman na devastada Metrópolis, como visto na parte 1 do artigo.
-->Posteriormente, Superman encontrou com seus pais Kryptonianos, vindo de uma linha do tempo alternativa onde Krypton nunca explodiu. Os dois vieram buscá-lo após terem o lançado pensando que seu planta explodiria. Visto no dilema de escolher com qual dos seus pais ficaria (os Kent ou os biólogicos), Kal-El viu o casal Kryptoniano alternativo sumir da cronologia, sendo amparado por Metron, que o levou para convocar aliados, como visto na parte 1 do artigo. Mais tarde, depois da reunião em Nova York, o Homem de Aço se viu na Metrópolis do Centurião Alfa.
-->Batman, o Cavaleiro das Trevas, por sua vez, se viu no assassinato de seus pais e, além disso, se encontrou, junto a Robin, com um Alfred gordinho da Era de Ouro.
-->Robin (Tim Drake), se encontrou com o Robin Dick Grayson vindo do passado. Era esta versão passada de Dick que estava observando a dupla dinâmica quando Batman e Robin encontraram a Batmoça de uma Linha do Tempo alternativa.
-->A Liga da Justiça encontrou Triunfo (William MacIntyre), membro fundador da Liga da Justiça da América que ficou preso no Fluxo do Tempo quando tentou se sacrificar para salvar o mundo, e, como resultado da auto-correção do fluxo do tempo, foi eliminado da memória de todos, para nunca mais ser visto ou ouvido de novo. Porém, graças aos distúrbios temporais causados pela saga, voltou.
-->Enquanto a Mulher-Gato encontrou um homem e um Tigre Dentes de Sabre vindos da pré-história, a Tropa Titã enfrentou Dinossauros. Já no espaço, Donna Troy e outros Darkstars, encontraram Colos e Radvar, dois Darkstars lendários, e o Lanterna Verde Abin Sur. Unidos, enfrentaram Krona, que estava agindo sob a identidade de Entropia.

Zero Hora: Crise no Tempo
A Trama: Parte 2

Em Nova York, alguns super-heróis estão relatando as anomalias que encontraram. É quando Tempus e Metron chegam com o novo Gavião Negro. Questionado por Capitão Átomo, que disse que a crise que está ocorrendo não era algo natural, Tempus conclui que alguém pode estar fazendo isso. Enquanto isso, no Ponto de Fuga, Extemporâneo enfrenta a Sociedade da Justiça da América. O vilão brutalmente assassina Átomo e Senhor Destino e em seguida, envelhece os membros da SJA, menos Alan Scott, que foi protegido por seu anel. Irados, Homem-Hora e Doutor Meia-Noite partem pra cima de Extemporâneo, que faz que a cada segundo a dupla envelheça cinco anos e por esta razão, os dois acabam morrendo (Mais tarde, foi revelado que o Homem-Hora que morreu nas mãos de Extemporâneo era na verdade o andróide vindo do Século 853, que se disfarçou como o original, para que este pudesse sobreviver e encontrar sua família). Nesse momento, Tempus chega, porém, tarde demais, sendo apenas capaz de ver o anel de Alan ser descarregado pelo vilão. Confrontado por Tempus, Extemporâneo retira sua máscara revelando ser idêntico ao herói cronal.

Em Nova York, uma metrópole do Século 25 se materializa no céu e começa a colidir com a cidade. Usando seus poderes para ampliar o tamanho do Tubo de Explosão aberto por Metron, os super-heróis criam um fosso de gravidade capaz de tragar a cidade futurística de volta a sua época. Enviados por Extemporâneo, Tempus e os membros da SJA chegam em Nova York. Enquanto os agora idosos heróis feridos são levados a um hospital, Jay Garrick (Idoso também) e Alan Scott decidem se aposentar. Assustados, os outros heróis decidem atacar a brecha de Entropia no passado e no futuro. Separados em dois grupos, os super-heróis chegam ao futuro e passado, onde são atacados por Tropas Titãs, que vieram de um futuro falso criado por Monarca para que este pudesse treinar meta-humanos, no caso a Tropa Titã, para agir como agentes latentes. Monarca sabia da inevitável crise do tempo e queria um grupo poderoso sob seu comando. Já sob a identidade Extemporâneo, comandou todas as Tropas no ataque aos heróis que tentavam salvar o Universo.

Após derrotarem alguns membros da Tropa Titã, os heróis que estavam no futuro conseguem abrir um Tubo de Explosão na fenda, virando-a do avesso e com isso, restituindo o tecido da realidade novamente. No passado, um grupo de heróis (formado praticamente por antigos e futuros membros dos Novos Titãs) derrota os Titãs de Extemporâneo, mas acabam falhando em sua missão de deter a brecha, pois são surpreendidos por uma versão passada de Extemporâneo. Esta versão passada do vilão, toma a energia de que Tempus é composto, ficando idêntico ao herói cronal, matando Tempus no processo.
No presente, os heróis que ficaram, são atacados por mais Titãs, nisso, Warrior (Guy Gardner) descobre que pode transformar partes do seu corpo em armas. Os heróis contiveram a Tropa, mas o tempo continuou em colapso, apagando as linhas temporais falsas. Como resultado, todos os heróis da Tropa Titã foram apagados da existência, exceto três pessoas: Tara Markov (Terra II), Miriam Delgado (Miragem) e Asa Mortal (que se acreditava ser o Dick Grayson do Futuro). Irado por ter perdido seus Titãs, Extemporâneo encontra sua versão passada (a que absorveu a energia de Tempus), se fundindo a ela, se tornando idêntico a Tempus, explicando a questão de quando tirou a máscara.

No futuro, o misterioso ser que atacou o Senhor do Tempo abre outra brecha de Entropia, que devasta tudo. Logo depois, varias fissuras de Entropia começam a se abrir pelo tempo matando vários heróis.

Enquanto isso, Guy Gardner, Aço, Supergirl (Matriz) e a Batmoça alternativa, são tragados de Coast City para o passado, onde encontram Extemporâneo. Os heróis acabam sendo auxiliados por Anthro e outro homem da caverna. Em seguida, o quarteto e o vilão se confrontaram no Velho Oeste Americano, onde os heróis são auxiliados por Jonah Hex, Bat Lash, El Diablo, Nighthawk, Escalpador e outros heróis cowboys. Após exterminar os vigilantes do Velho Oeste, Extemporâneo leva o quarteto no meio de uma grande confusão temporal, com direito a Ranger Espacial e Lady Falcão Negro (como resultado, Lady Falcão Negro ficou presa no futuro, onde se aliou às Aves de Rapina). No decorrer da batalha, Guy, Aço, Batmoça e Supergirl caem na Coast City do passado, onde encontram Hal Jordan, Kari Limbo e uma versão passada do Guy. Após mais confusão, Extemporâneo leva Guy ao dia em que Coast City foi devastada e nisso, Gardner vê Kari Limbo, seu amor, morrer, e tudo se apaga logo depois. (Super-Homem #147 - Editora Abril)

Em seguida, Guy, Batmoça, Matriz e Aço voltam a Coast City de 1994, onde são "recepcionados" por fissuras entrópicas e enquanto fugiam, Aço é consumido por uma dessas fissuras. Indagado por não ser ter sido ele quem fez isso, Extemporâneo é atacado pelo misterioso ser, que diz que Extemporâneo já atrapalhou demais seus planos e se esqueceu de quem está no controle ao tentar tira vantagem do que ele iniciou para construir sua própria visão de futuro. Em seguida, o mesmo ser misterioso mata definitivamente o Senhor do Tempo. Em Nova York, os personagens que viram do futuro (Impulso e Gladiador Dourado) desaparecem, o que indica que as eras de onde vieram morreram. Enquanto isso, os personagens mais velhos (Jay Garrick, Vandal Savage, etc.) começam a desaparecer também. Antes de desaparecer, Jay Garrick faz com que o Espectro entre em ação, após este ter descoberto que uma mão mortal estava controlando a crise.

Metron diz que boa parte da Terra e do Universo já sumiram por causa das fissuras entrópicas múltiplas criadas pelo misterioso ser. Então, o Novo Deus leva um punhado de heróis ao Ponto de Fuga, onde o tempo não existe. Lá, Metron e outros heróis encontram Matthew Ryder e Liri Lee, que haviam sido paralisados por Extemporâneo. Usando componentes da sonda lançada por Vril Dox, os heróis transformam Matthew Ryder, que viria a ser Tempus caso o Monarca surgisse, no novo Tempus.

Na Terra, o idoso Starman passa seu bastão para seu filho David, já que seu outro filho Jack não valorizava o manto de seu pai. Restando alguns minutos de existência e bolsões isolados de realidade, Extemporâneo decide exterminar aqueles que ainda tentam impedir o inevitável fim. Na Câmara dos Leigos, o vilão assassina brutalmente os místicos Leymen. Em Nova York, enquanto controlava a desesperada população junto a Asa Noturna, Robin e Warrior (Guy Gardner) Batman é surpreendido por Extemporâneo e acaba morrendo quando tragado por uma fissura.
Após ter atacado Guy, o vilão é atacado por diversos heróis, incluindo a Batmoça de outra linha do tempo. Nisso, o novo Tempus surge. Durante a batalha, Extemporâneo faz com que Eléktron começasse a regredir cronologicamente até se tornar nada. Felizmente, o novo Tempus resgata Eléktron, que como consequência das ações do vilão aparentava ter 18 anos de idade.
Em seguida, Extemporâneo é surrado por Superman e é nesse momento que o misterioso ser revela sua identidade: Parallax , o grande responsável pela crise. Em seguida, a Zero Hora chega e toda a realidade é apagada.

Logo depois, Parallax começa a refazer o Universo a sua própria vontade, sendo observado por Centurião Alfa, Batmoça, Triunfo (os três eram frutos dos distúrbios temporais), Guy Gardner e Extemporâneo. Parallax diz que se aliou a Extemporâneo, pois ele acreditava nele e este, em troca de uma Terra, obedeceu às ordens de Parallax. Questionado por Guy se ele era capaz de criar vida, Jordan diz que todos os glóbulos de energia plasmática criados por ele vão se tornar planetas cheios de vidas, pois controla energia cronal suficiente para fazer o que quiser e além disso, tem conhecimento dado pelos próprios Guardiões do Universo para recriar a realidade. Em seguida, Parallax revela que tudo começou depois da ultima luta contra Gardner (em Superboy # 16 publicado em 1996 pela Editora Abril), quando ele percebeu que seu desejo de reconstruir Coast City indicava um anseio mais profundo, um desejo de fazer o tempo voltar. Assim, concentrou suas energias para adentrar o Fluxo do Tempo, onde achou anomalias energéticas resultantes da Crise nas Infinitas Terras. Ao absorver parte dessas energias, ele chegou ao fim dos tempos, onde atacou o Senhor do Tempo. Lá, encontrou também a Entropia, a maior força destrutiva já concebida. Descobrindo que o começo e o fim do tempo estão vinculados, formando um circulo perpétuo, Parallax comprimiu tal círculo usando a Entropia para tudo dentro dele deixasse de existir.

Parallax também diz que o Hal Jordan que morreu no futuro era uma versão dele que ele mesmo devolveu ao seu próprio tempo quando as brechas se abriram.

No Ponto de Fuga, Tempus e Liri Lee estão reunidos com: Superman, Eléktron (agora mais jovem), Kyle Rayner, Capitão Átomo, o herói novato Detonador, Arqueiro Verde, Gavião Negro, Ray e Darkstar Donna Troy. Sem saber como pararam lá, os heróis tem suas dúvidas respondidas quando Tempus diz que antes de Parallax apagar os últimos vestígios do tempo, ele usou seus poderes para se mover entre os milissegundos restantes para coletar os heróis que precisaria. Tempus também explica que Parallax está recriando a existência de acordo com seus planos e que eles vão fazer o mesmo, porém, recriando-a como ela era antes.
Continuando seu plano, Parallax é surpreendido pelos heróis, liderados por Tempus. Extemporâneo, então, chama quem está do lado de Parallax para ajudá-lo. Enquanto Triunfo não sabe de que lado fica, Guy ataca Extemporâneo. Parallax diz que apagou toda a existência para contruir uma melhor e já que os heróis não querem se unir a ele, vão ser erradicados. Nisso, Espectro surge em busca da vingança do sangue das vítimas de Parallax.

Enquanto Espectro lutava com Parallax, Tempus pede para que Ray, Capitão, Kyle e Donna comecem a absorver a energia plasmática de Jordan criou antes que ela se solidifique. Apesar de Ray poder absorver somente a luz, os outros cuidam do resto. Espectro acaba se sacrificando para enfraquecer Parallax, que é surrado por Rayner.
Tempus, então, ordena que Superman, Capitão Átomo, Ray e Donna a dispararem suas energias contra ela. Tempus, que é uma forma de vida baseada em energia, reuni a força dos heróis a canalizando no Detonador. Convencida por Arqueiro Verde de que Parallax não pode decidir tudo, a Batmoça alternativa impede o vilão de matar o Detonador se jogando na frente de uma rajada disparada por Jordan.

Ao ver a Batmoça morrer em seu colo, Arqueiro Verde decide acabar com Jordan, então imobilizado por Kyle. A flecha disparada por Ollie acerta o peito de Parallax, que perdeu seus poderes graças a luta. Nesse momento, Espectro ressurge e põe mais energia em Detonador, que ao atingir níveis de força adequados, descarrega toda a energia recriando o Big Bang, que começa a recriar toda a realidade Universal. Salvos por Tempus, os heróis, Centurião Alfa, Triunfo e Extemporâneo, vêem o tempo e espaço nascerem.

Tempus explica que o tempo se reconstituiu seguindo as mesmas formas que o guiaram pela primeira vez, com pequenas diferenças ocorrendo e com isso, todas as linhas alternativas, inclusive as de Batmoça e Centurião Alfa, foram apagadas. Enquanto Tempus os fundia no Fluxo do Tempo, Extemporâneo se teletransportava para outro lugar. Sem ter conseguido salvar Kyle Rayner, Tempus funde todos ao Fluxo do Tempo. Em seguida, todos aparecem saudáveis ao lado de outros heróis em Nova York, onde Detonador é convidado por Arsenal para ingressar nos Titãs e Guy Gardner repare que sua pele foi alterada devido a sua herança Vuldariana.

Logo depois, Tempus explica o que ocorreu e como recriaram o Big Bang. Ele também diz que o tempo naturalmente assumiu o padrão que conhecemos, com diferenças sutis, mas Parallax e as fissuras entrópicas ainda existiam, derrotando-o antes que ele pudesse destruir toda a realidade.

Tempus explica que ele e o punhado de heróis que levou, foram as últimas anomalias do tempo que reentraram no Fluxo, provocando sua cicatrização e fechando o círculo. Pessoas como Batman, que “morreram” nas fissuras, vão se lembrar de um clarão momentâneo de luz. Já aqueles que morreram por outros meios ou fora do tempo, infelizmente vão continuar mortos como Kyle e Wally. Nesse momento, Poderosa, que deu à luz a um menino durante a crise, mostra a todos o seu filho. Por fim, Arqueiro Verde lamenta a aparente morte de seu grande amigo Hal. Assim acaba Zero Hora.

Pós-Zero Hora

Após a Zero Hora, ocorreu o Mês Zero nos EUA, onde todas as revistas da DC foram zeradas, enquanto algumas foram canceladas e outras lançadas. Dentre os lançamentos, tivemos Starman, onde David Knight morreu e Jack Knight teve que se tornar o Starman relutantemente. A série foi um sucesso. Após este mês, todas as revistas voltaram a numeração normal.

No Brasil, ocorreu algo semelhante. As revistas Novos Titãs e foram canceladas e substituidas por Liga da Justiça & Batman e foram substituidas por Shazam! e Batman: Vigilantes de Gotham. Vale ressaltar, que as publicações não foram zeradas apenas por um mês como nos EUA e sim recomeçadas com uma nova numeração pelo número zero.

O que aconteceu com Kyle Rayner, Parallax e Wally West?

-->Parallax & Kyle Rayner: Após ser alvejado por uma flecha do Arqueiro Verde, Parallax aproveitou uma brecha na fenda temporal aberta por Tempus e apareceu em Oa, com Kyle Rayner junto. Ambos lutam e por fim, Kyle entrega seu anel a Jordan, que transforma-se novamente em Lanterna Verde. Após um novo descontrole de Jordan, Rayner retoma o anel e destrói o planeta Oa, a fim de evitar que Parallax absorva a energia de seu núcleo. Apenas Kyle emerge da explosão.

-->Wally West: Wally, que aparentemente havia morrido ao tentar deter a Entropia no Século 64, acelerou além da Barreira do Tempo e foi parar no passado, onde inspirou a si mesmo a se tornar Kid Flash. Logo depois, voltou ao presente.

O Universo DC Pós-Zero Hora

Ao fim da saga, o Universo DC foi reformulado uma vez mais. A origem da Família Marvel foi magistralmente reescrita por Jerry Ordway. Versões atuais como a do Adão Negro permanecem até hoje.

A origem da Legião dos Super-Heróis foi mais uma vez recontada. Formada agora por jovens versões dos membros da versão original, esta Legião e todo o seu Universo, foi mais tarde designida como Terra 247, uma realidade alternativa que se formou com a Zero Hora e foi devastada pelos socos desferidos pelo Superboy Primordial contra toda a realidade.

-->Confiram como ficou a cronologia do Universo DC após Zero Hora:


Linha do Tempo que veio junto a Zero Hora #0
(Clique para ampliar)


-->Curiosidade: Em Booster Gold #0 de 2008, logo depois ter impedido a morte Ted Kord com a ajuda de Jaime Reyes, Dan Garret e Besouro Negro, Gladiador Dourado e os Besouros trombaram com Extemporâneo e Parallax no Fluxo do Tempo. Parallax e seu parceiro estavam se reunindo durante Zero Hora logo depois que Extemporâneo acabou com a SJA. Na reunião dos dois, é revelado que Parallax desejou manter Alan Scott vivo para que ele pudesse ver que seu sucessor se tornou algo melhor que ele. Depois de terem sido surpreendidos pelos Besouros e Gladiador, uma luta começa. Após batalharem, Extemporâneo lança os Besouros e Gladiador no Século 25, onde segundo ele, a onda de Entropia já teria devastado esta era. Felizmente, quando chegaram lá, a Zero Hora já havia sido resolvida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Maniacos por DC Comics, poste aqui sua opnião!