sábado, 3 de abril de 2010

Dossiê Gavião Negro (Interlúdio) - Águia Dourada

Águia Dourada
Charley Parker vivia no Orfanato Sisters of Mercy, em Midway City, onde passou por vários lares adotivos e orfanatos na maior parte de sua juventude. Aos dezesseis anos, ele se tornou um entregador de drogas para Mick Valdare e foi adotado por diversas famílias. Valdare pagava a essas famílias para permitirem que Paker vivesse na riqueza, utilizando carros possantes, roupas caras e lindas mulheres como companhia até os dezoito anos, quando Valdare o demitiu porque já havia alcançado a maioridade. Desolado e sem toda a luxúria prévia, Parker decidiu cometer suicídio, mas foi salvo pelo Gavião Negro, tornando-se seu pupilo. Recomendado pelo herói, Parker procurou emprego no Museu de Midway City, onde Carter Hall (identidade secreta do Gavião Negro) era curador. Uma vez lá, Parker conheceu Adam Strange e Mulher-Gavião.
Parker ganhou a confiança de Hall quando ele ajudou a defender a Mulher-Gavião do Ladrão de Sombras. Assim, Carter revelou sua identidade secreta, presenteando o jovem com uma armadura Thanagariana encontrada por Adam Strange. Após ter sido treinado, Parker se tornou o Águia Dourada, finalmente encontrando um propósito para sua vida.

Tempos depois, Carter Hall teve que deixar a Terra, deixando Charley por conta de seu próprio destino. Desconhecendo sua verdadeira origem, o jovem surgiu do nada nos céus da Califórnia, onde salvou uma família que estava acampando e ficara cercada por um terrível incêndio. Após receber infinitos elogios e agradecimentos, Águia Dourada chocou a população ao pedir uma recompensa financeira por seu feito e distribuiu cartões que ofereciam seus serviços por um preço determinado. Assim, iniciou uma carreira (incerta) de super-herói.

Esta foi a coisa mais próxima de uma ocupação fixa que Charley Parker já havia tido. Desempregado, sua idéia de um estilo de vida completo e significativo era bronzear-se nas praias de Malibu. Contudo, ninguém quis lhe pagar para fazer isso e seus planos de riqueza fácil não deram certo.
Certa vez, Águia Dourada estava “trabalhando” quando um vilão chamado Sr. Esper atacou a Califórnia e propiciou a formação dos Titãs da Costa Oeste. Apesar da recusa de Robin/Dick Grayson em reconhecer o grupo, Charley achou que aquela seria uma boa forma de ganhar dinheiro, criando um monopólio no mercado de super-heróis da Califórnia. Não é de surpreender que a falta de uma liderança equilibrada provocasse a dissolução dos Titãs da Costa Oeste antes mesmo que alguém tivesse se dado conta de sua existência. Ao perceber que sua carreira de Herói de aluguel não poderia lhe render dinheiro, ele desistiu de sua identidade heróica.

Tempos depois, vários Titãs foram capturados pela Sociedade Gnu. Águia Dourada e Aqualad atenderam a um chamado do Exterminador para auxiliá-lo no resgate do grupo. Durante o encontro na Costa de Long Island, Charley e Garth foram atacados violentamente. Os Titãs presumiram que Charley morrera naquele dia, mas Fel Andar visitou seu filho no momento e o salvou da morte. Neste período, Fel revelou a Charley seu real propósito como espião para Thanagar. Assim, o Águia Dourada desenvolveu ódio pelo Gavião Negro, julgando-o o “falso” herdeiro de Thanagar. Fel e Ch’al (nome Thanagariano de Charley) tiveram uma única semana juntos, antes da Polícia Thanagariana levar o traidor de volta à Prisão em Thanagar.

Com seu ódio por Gavião Negro, Charley Parker passou anos viajando pela Terra, criando sua própria companhia aérea, a Ethon Enterprises. Vivendo em reclusão, ele manteve sua “ressurreição” em segredo por anos. Mais tarde, fixou-se em St. Roch, reaparecendo como Águia Dourada, quando Carter Hall fora dado como morto. Assim Parker reclamou para si o direito de seguir o legado, tornando-se o novo Gavião Negro. Tentando ganhar a confiança de Kendra, Charley disse ser filho do verdadeiro Gavião Negro – ele considerava Hall um impostor – mostrando à heroína uma nave Thanagariana e convidando-a para acompanhá-lo a Thanagar. Quando ela recusou a proposta e a uma investida sexual, Parker a enfrentou, revelando toda a verdade sobre sua origem. Pretendendo exterminar Kendra e substituí-la com uma dama Thanagariana, Parker foi surpreendido por Carter Hall, que milagrosamente retornou para uma batalha contra seu antigo protegido.

Durante a batalha, foi revelado que Parker era filho de Fel Andar, um espião enviado à Terra durante os eventos de Invasão, e de Sharon Parker, uma terráquea. Parker havia planejado cuidadosamente a morte de Carter Hall, criando uma aliança entre vários adversários do Gavião Negro, além de drogar Carter para confrontar a Mulher Gavião, para que esta o traísse como os Thanagarianos e Terráqueos fizeram com seu pai. Entretanto, Hall derrotou Parker, enviando o jovem de volta a Thanagar junto a uma gravação de confissão para ser julgado por seus crimes. Presumidamente, Charley não seria bem recebido em Thanagar, mas o planeta foi destruído antes mesmo de sua chegada, durante a Guerra Rann/Thanagar.
Assim, Ch’al reuniu-se com os sobreviventes Thanagarianos, tornando-se capitão de seu exército. Quando Gavião Negro entrou na batalha, Águia Dourada – agora cego de um olho como conseqüência da batalha contra Carter, passou a utilizar um tapa-olho cibernético e uma nova armadura – tentou, novamente, se vingar. Entretanto, Fel Andar, que se convertera ao pacifismo, convenceu seu filho a desistir desse sentimento insensato. Assim, Fel convenceu Charley a cessar sua sede de vingança e lutar pela paz. Neste ínterim, Andar foi assassinado por Komander e Charley passou a liderar e a proteger os sobreviventes em Nova Thanagar, em nome de seu pai.
Tempos depois, a alienígena Batedora, Viza Aziv, foi expulsa do exército multiversal do Monarca e se encontrou à bordo de uma nave pirata que acabou possuindo. Durante sua jornada, uma nave Thanagariana que procurava pela nave-mãe, pediu que ela se rendesse ou enfrentasse seu líder em uma batalha – esse líder era o Águia Dourada. Viza invocou a lei da escolha, um costume em seu mundo natal, no qual o vencedor poderia escolher o que quisesse como prêmio. Após ter derrotado Parker e toda sua tropa, ela decidiu tomá-lo como prêmio para servir como seu escravo sexual a bordo de sua nave, mas assim que Viza decidiu permanecer em um planeta para reconstruir sua civilização, Charley decidiu tentar reencontrar o caminho para Thanagar.

Fonte: Torre Titã, onde sou colaborador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Maniacos por DC Comics, poste aqui sua opnião!