sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Ser Robin

Este artigo foi originalmente publicado por mim no blog Torre Titã, onde sou colaborador. Espero que gostem:

Robin

O nome “Robin, o Menino Prodígio” e a aparência original do seu uniforme foram inspiradas no lendário herói Robin Hood. Outros dizem que Robin é uma referência direta ao nome do seu co-autor, Jerry Robinson.Já outros dizem ter sido inspirado em um pássaro (o mais provável).
Robin é um conceito, um manto, um legado carregado por décadas junto a Batman, que sofre constantemente com insultos que você com certeza já deve ter ouvido, que questionam a opção sexual do menino prodígio.

Você também já deve ter ouvido piadinhas infames sobre Robin como:

“Santa boiolice, Batman!”

Mas este personagem foi criado para diminuir o clima denso das violentas histórias do Batman na década de 40.Mas ele acabou levando muitas pessoas a verem ele como um exemplo errado para as crianças leitores da época já que ele usava armas pesadas e aparecia matando bandidos e além disso muitas cenas vergonhosas entre Bruce e Dick foram feitas.

Frederic Wertham, era um que proclamava que as HQS era algo ruim, foi ele que publicou A SEDUÇÃO DOS INOCENTES, que descrevia em detalhes os “efeito nefasto” dos gibis sobre as crianças. A saber: fomentavam a delinqüência juvenil, a discórdia entre irmãos, o mau hábito da garotada de não comer legumes e verduras e, se isso não bastasse, de estimular o homossexualismo. Foi Wertham o pai do boato da homossexualidade de Batman e Robin. Tudo porque, numa história, Bruce Wayne e Dick Grayson trocavam as roupas civis pelos uniformes de herói, separados apenas por um biombo. Por sua causa, a DC Comics teria aumentado a figura paternal do mordomo Alfred e criado um figura feminina na vida do trio, a tia de Bruce, Tia Harriet, a fim de frear a fama de gay do homem-morcego.

Robin chegou a ser afastado das histórias do homem-morcego, Dick passou a dedicar mais tempo aos titãs e até se tornou o Asa Noturna, que foi um marco que mostrou o amadurecimento do antigo menino prodígio.

No entanto as desvantagens de um Batman sem um parceiro para quem conservar, vieram a tona, um Batman violento estava emergindo no horizonte de Gotham,para tal foi criado um novo Robin.


Este novo Robin, Jason Todd, parecia uma cópia de Dick, tinha até a mesma origem com apenas pequenas diferenças.

Veio a CRISE, que mudou toda um cronologia e alterou Jason, o transformou em um contraste de Batman e Dick, Jason agora era um “trombadinha” de rua, que foi pego por Batman ao tentar roubas as calotas do Batmóvel.Este novo Jason matava.

O público não aprovou(pelo o que pareceu), então os editores da DC Comics resolveram fazer um votação com os leitores, para ver se eles queriam ou não a morte de Jason.E o resultado foi a dolorosa morte de Robin nas mãos de Coringa.

Uma página que mostrava que Robin sobrevivia até foi feita, mas....há boatos que uma pessoa programou seu computador para votar a favor da morte de Jason sucessivamente todo 90 segundos por oito horas seguidas.
Batman ficou sem um Robin por um bom tempo, resultado: Bruce entrou em depressão se culpando pela morte de Jason e se via cada vez mais afastado de um amadurecido Dick.
Batman se tornou violento, foi quando nos anos 90, os editores criaram Tim Drake, um jovem que não era órfão era um gênio em computadores e, além disso, possuía habilidades detetivescas pois descobriu sozinho a identidade de Batman.

Depois de muita relutância de Bruce, Tim e Dick convencem Wayne a aceitar Tim como o novo Robin, Batman voltou a sorrir, mas chorou com Tim durante a Queda do Morcego, onde um novo Batman expulsou Tim da Batcaverna, foi quando Tim começou a ter responsabilidade e a agir sozinho.Tim chorou e lutou com Bruce durante o terremoto de Gotham e sofreu com vírus e vilões e presenciou o ataque da Luva Negra e Silencio e o retorno de Jason Todd, mas o maior do choque foi perder seus pai, em Crise de Identidade, foi quando Bruce adotou Tim.Mas a alegria durou pouco, Bruce “faleceu” em Crise Final.


Tim protegeu Gotham e se tornou o Robin Vermelho.Já Dick virou o novo Batman e Jason retornou a ser Capuz Vermelho.Quanto ao novo Robin?É Damian, o filho de Bruce, ele faz parceria com Dick.

Ser Robin é isso.Mostrar coragem para o que vai vir e não sentir vergonha ao chorar, crescer com os melhores e se aperfeiçoar e ser melhor que seu próprio mestre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Maniacos por DC Comics, poste aqui sua opnião!